Dicas

DICAS PARA FAZER UMA LAGOA ORNAMENTAL / PISCINA NATURAL

As dicas aqui apresentadas para a realização de um lago ou uma piscina natural são apenas a título informativo. Durante a realização dos seus trabalhos estamos à sua disposição para prestar qualquer informação e apoio técnico.

  1. Escolha do terreno

Qualquer tipo de terreno serve para a implantação de uma lagoa ornamental ou uma piscina natural. Todavia, os custos com os movimentos de terras pode ser influenciado pelo tipo de terreno e sua configuração.

  • Exemplo de terreno:

  1. Limpeza/nivelação do terreno

Após a escolha do local a implantar a lagoa ou piscina natural, é necessário realizar a limpeza e nivelação.

  • Exemplo de limpeza:

  1. Escavação do lago ou piscina natural

Após o terreno estar limpo, podemos proceder à escavação do lago ou piscina natural. A configuração e profundidade do mesmo só depende da sua imaginação. É nesta altura que devem também ser instaladas todas as tubagens (descarregador de fundo, de superfície, sistema de aspiração das lamas, sistema de recirculação das águas,…)

No final é muito importante controlar os níveis na parte superior dos taludes, afim de ter o lago à mesma cota topográfica.

A superfície do lago ou piscina natural deverá tentar cumprir os seguintes requisitos:

  • Ser plana e livre de raízes ou outras deformações abruptas do terreno;

  • Estar livre de humidade superficial, lamas, ou outros materiais que possam dar origem a deformações no suporte;

  • Ter uma nível compactação correcta;

  • Os taludes das lagoas devem ter um inclinação de 1:1 ou 2:1 ou menos.

  • Exemplo de escavação:

  1. Vala de ancoragem

Dever-se-á fazer uma vala de ancoragem para a geomembrana em toda a periferia do lago. Esta deve-se localizar 50 cm afastada da crista dos taludes. A vala deverá ter as seguintes dimensões: 50cm de profundidade e 50cm de largura.

Uma vez a geomembrana em PEAD e os geotêxteis instalados; as valas de ancoragem deverão ser fechadas com a terra de escavação.

  • Exemplo de vala de ancoragem:

  1. Impermeabilização do lago – piscina natural

Após a abertura das valas de ancoragem, chegou a altura de realizar a impermeabilização do lago ou piscina natural. Existe no mercado muitos tipos de membranas, e estamos a sua disposição para apresentar a mais adequada para o seu lago.

Como reforço, poderá ser utilizado um geotêxtil de protecção com uma gramagem variável, que vai ser em função da qualidade do suporte e poderá ser instalado debaixo da geomembrana, afim de impedir perfurações acidentais da mesma.

  • Exemplo de impermeabilização:

1- aplicação do geotêxtil

2- aplicação da geomembrana

  1. Fecho da vala de ancoragem e das plataformas para as plantas aquáticas.

Após a impermeabilização, pode ser iniciado o enchimento com água limpa do lago ou da piscina natural. Ao mesmo tempo, a vala de ancoragem pode ser fechada e as plataformas para as plantas aquáticas podem ser preenchidas com terra ou outros materiais decorativos.

  • Exemplo do fecho da vala de ancoragem:

:

  1. Plantação das plantas aquáticas.

Após enchimento do lago ou piscina, podem ser plantadas as plantas aquáticas ornamentais, que também vão ajudar na filtragem da água. Nesta altura, eventualmente, pode-se ligar uma bomba de recirculação com filtro.

  • Exemplo de plantação:

  1. Resultado final.

No caso de uma piscina natural, ainda poder-se-á construir um deck para entrar e sair da água.

Vale do Lobo – Algarve

Vale do Lobo – Algarve